Fluminense tenta quinto triunfo e a quebra de um tabu

Fluminense tenta quinto triunfo e a quebra de um tabu


Publicado em 03 de Novembro de 2009 ás 18:31:22

 

 

Vindo de quatro triunfos consecutivos, pela Copa Governador Jaques Wagner, o Fluminense enfrenta o Bahia de Feira hoje às 20h30min, no Jóia da Princesa, tentando quebrar um tabu: o de não vencer cinco jogos consecutivos há exatos 16 anos. Além disso, o Touro do Sertão tenta aumentar a distância em relação aos concorrentes para manter vantagem, caso chegue a final da competição.

 

Classificado, com duas rodadas de antecedência, para a fase semifinal da Copa Governador, o tricolor feirense poderia relaxar nas duas últimas partidas, mas o treinador Laelson Lopes e os atletas querem continuar vencendo. O time conseguiu estabelecer uma marca de quatro triunfos seguidos, igualando a marca que obteve no certame estadual de 2006. Na oportunidade, o Flu venceu o Itabuna, 4 x 3; o Atlético 3 x 0; o Camaçariense 3 x 0 e o Juazeiro por 2 x 0.
 
Se vencer hoje, o time consegue quebrar um tabu que já dura 16 anos: o de ter vencido cinco jogos seguidos. A última vez que isso aconteceu foi no Campeonato Baiano de 1993, quando o tricolor feirense venceu o Galícia por 2 x 0; o Serrano por 3 x 2; o Itabuna por 2 x 0; o Bahia por 2 x 0 e o Camaçari por 1 x 0. Desde então, o máximo de jogos consecutivos que o time venceu foram quatro.
Enquanto assiste de “camarote” a briga pela segunda posição entre Vitória e Itabuna, a missão do Fluminense agora é garantir a primeira colocação geral do certame para que, caso chegue à fase final, tenha a vantagem de jogar a primeira partida fora de casa e a segunda em seus domínios no Jóia da Princesa. No momento, o tricolor feirense está disparado na classificação geral, com 12 pontos, mas o Vitória da Conquista venceu no final de semana e está na briga pela primeira colocação com nove pontos.
 
TIME
Para a partida de hoje, o treinador Laelson Lopes só deve fazer uma alteração no time:a entrada de Everlan para a saída de Júnior Timbó, por uma questão tática , buscando assim explorar mais a velocidade do meio-campo tricolor. O restante do time é o mesmo que vem jogando e fazendo uma campanha irrepreensível na Copa Governador Jaques Wagner.
 
 
 
Fluminense x Bahia de Feira
Horário:
20h30
Local: Estádio Jóia da Princesa.
Arbitragem: José Paulo Pedreira da Silva, auxiliado por Adailton José Jesus da Silva e Marcos Welb Rocha de Amorim
Fluminense: Alan; Ademir, Walter, Rodrigo e Sadrack; Nildo, Jó. Everlan e Álvaro; Serginho e Ermínio.
Técnico: Laelson Lopes
Bahia de Feira: Jair; Tito, Osmar, Thiago Souza e Deca; Baiano, Sandro, Dudu e Bruninho; Paulinho e Silvestre.
Técnico: Arnaldo Lira