Fluminense de Feira de Santana Futebol Clube - Bahia

Fluminense
Moto Club\MA
10/06/2018 ás 16:00:00
Estádio João Castelo - Castelão - São Luís\MA
Notícias

Publicada em 07 de Maio de 2018 ás 12:10:40
‘Memórias’ é o segundo livro sobre Flu de Feira

Divulgação

Publicação tem a organização do historiador Carlos Melo e de Carlos Brito, que também é um grande torcedor do Touro do Sertão

 

O Fluminense de Feira é, sem sombra de dúvidas uma fonte inesgotável de história e a prova disso é que mais um livro que narra a trajetória do Touro do Sertão está sendo lançado. O livro “Memórias”, que traz reportagens e um rico acervo fotográfico que registra 50 anos de história do tricolor feirense, lançado pela Fundação Senhor dos Passos e que já está sendo comercializado, inclusive na lojinha do clube, na Rua Geminiano Costa -323, no centro, de Feira de Santana.


Anteriormente, o Touro do Sertão foi tema de livro publicado pelo jornalista Adilson Simas, que já conta com duas edições. O livro “A História do Fluminense de Feira”, que conta inúmeros feitos do Touro do Sertão entre os anos de 1954 e 1972. Os dirigentes, os jogadores, casos e causos do clube mais simpático do interior contados por quem vivenciou a sua história e continua reproduzindo através de vários textos que compõem esta relíquia que deve ser guardada pelos torcedores e admiradores do Touro do Sertão. A obra foi patrocinada pela Fundação Senhor dos Passos, através do Núcleo de Preservação da Memória de Feira. Tem capa de Juraci Dórea, apresentação de Marcílio Costa e prefácio de Hugo Navarro da Silva.


Agora a Fundação Senhor dos Passos lança esta nova publicação que teve a organização do historiador Carlos Melo e do vice-presidente da Fundação, Carlos Brito, que também é um grande torcedor do Touro do Sertão. “Nesse livro, reunimos além de um grande acervo fotográfico, reportagens extraídas de jornais que registram fatos marcantes da história do Fluminense e que comprovam a sua tradição não só no futebol baiano, mas além fronteiras. O clube tem uma história muito rica e que precisa ser registrada para a posteridade”, ressaltou Carlos Brito.

 

O LIVRO


Com 97 páginas, “Memórias” tem o seu texto de apresentação de autoria do médico cardiologista André Almeida, que é torcedor apaixonado do Fluminense de Feira. É dividido em cinco módulos: no primeiro traz um relato dos primeiros 50 anos de vida do Fluminense (1941-1991), que originalmente foi publicado em um caderno especial na edição de 30/11/1991 do extinto jornal Feira Hoje. São histórias sobre o primeiro título de amadores, a ascensão ao futebol profissional e as conquistas de 1963 e 1969, os jogadores e técnicos da época, além de outras reportagens consideradas preciosas.


No segundo módulo traz uma reportagem especial publicada em 23/08/1985, também no Feira Hoje, que fala sobre os 40 anos de esporte em Feira de Santana. Este ano, por sinal foi marcante para a cidade porque o então governador da Bahia, João Durval, entregava o Estádio Joia da Princesa completamente reformado, da forma como se encontra hoje.


Até então a praça esportiva tinha o formato de ferradura e foi completamente fechada aumentando a sua capacidade para 25 mil pessoas, nesse módulo ainda estão publicadas reportagens sobre o Bahia de Feira, o futebol feminino e o esporte amador em geral.


O quarto módulo traz um implacável acervo fotográfico com registros de fatos marcantes do tricolor feirense em todos os tempos e por fim no quinto e último módulo traz a letra do hino do Fluminense de Feira. “Foi um trabalho meticuloso porque não é simples se reunir tanta coisa numa publicação. Mas o resultado final ficou bem interessante e acredito que os amantes do clube e aqueles que gostam da nossa história vão se interessar em adquirir um exemplar e ler, guardar como recordação”, afirmou Carlos Brito.


Quem quiser pode adquirir um exemplar do livro na lojinha do Fluminense, na Rua Geminiano Costa -323, no centro de Feira de Santana e na Fundação Senhor dos Passos. “Parte desse valor arrecadado vai direto para o clube, já que esta é mais uma maneira de levantar recursos para o Fluminense e a outra parte vai cobrir os custos com a parte gráfica. Um dos grandes marcos da cidade, mais uma vez é registrado através de livros”, observou Carlos Brito.

Cristiano Alves - Ascom Fluminense de Feira

 

 
Mais Notícias
18 de Outubro de 2018 ás 13:55:52
Atacante Tiarinha é o mais novo reforço do Fluminense

16 de Outubro de 2018 ás 17:34:05
Clube lança enquete com opções para novo escudo

11 de Outubro de 2018 ás 13:21:14
Prazo para análises de novo estatuto segue até 19 de outubro

11 de Outubro de 2018 ás 12:31:13
Conselho convoca assembleia geral para 23 de outubro

03 de Outubro de 2018 ás 16:11:22
Evandro Guimarães tem permanência confirmada para 2019

Apoio