Fluminense de Feira de Santana Futebol Clube - Bahia

Fluminense
Globo/RN
16/08/2017 ás 20:30:00
Estádio Alberto Oliveira - Joia da Princesa
Notícias

Publicada em 25 de Julho de 2017 ás 15:02:52
Ex-técnico do Flu de Feira passa por dificuldades financeiras
 
Cristiano Alves 
Zanata, cuja última vez que treinou o Fluminense foi em 2013, está desempregado há dois anos


O ex-técnico do Fluminense de Feira, Roberto da Silva Pinheiro, o Zanata passa por um momento financeiro delicado e apela para a ajuda de desportistas e fãs do seu trabalho para melhorar a situação, já que ele se encontra desempregado há dois anos morando no Rio de Janeiro, seu Estado natal.
 
Zanata, 59 anos, que como jogador teve passagem marcante pelo Esporte Clube Bahia e outros 13 clubes do Brasil e exterior iniciou a sua carreira como treinador no Fluminense de Feira em 2007 e ainda teve passagens por clubes como Colo-Colo, Feirense, Atlético de Alagoinhas, Ipitanga, Lagarto/SE e o seu último clube foi o Icasa/CE em 2015.
 
Desde então, ele voltou para o Rio de Janeiro onde vive ao lado da família. Sem trabalho, Zanata começou a passar dificuldades, inclusive com ameaças de cortes de água e luz na sua residência na capital carioca, e expôs a situação em uma rede social da qual faz parte. Integrantes de um grupo de WhatsApp chamado Eprobol, o qual ele é integrante iniciaram uma campanha para arrecadar fundos para ajuda-lo.
 
O fato chegou ao conhecimento do repórter Miro Nascimento, que hoje coordena o Departamento de Esportes da Rádio Sociedade de Feira de Santana, que entrou em contato com o ex-treinador, que confirmou a história. “Estive conversando com o Arnaldo Lira (ex-treinador do Fluminense) que vive no Ceará e me passou a situação. Através de redes sociais cheguei ao grupo de WhatsApp onde obtive os dados e então mantive contato com o Zanata que me confirmou as informações”, disse Miro.
 
Em entrevista a Rádio Sociedade, Zanata pôde expor a situação. “O último clube que treinei foi o Icasa e depois disso voltei para o Rio. Aqui passei a treinar um grupo de jogadores que pertence a um empresário. Ele me pagava um valor, porém tem uns três meses que não estou recebendo nada a ponto da situação chegar neste estágio”, afirmou. “O ser humano não pode ter orgulho de nada e por isso vim a público expor este fato e pedir ajuda porque as dificuldades de sobrevivência sói fazem aumentar e por isso resolvi fazer este apelo, na expectativa de contar com o apoio dos amigos”, apela.
 
Quem quiser pode colaborar com qualquer quantia depositando no Banco do Brasil. Agência 1570-9 Conta 23597-0.
 
Cristiano Alves - Ascom Fluminense de Feira

 

 
Mais Notícias
09 de Agosto de 2017 ás 14:43:55
Flu terá teste contra a seleção de Feira de Santana

07 de Agosto de 2017 ás 16:29:35
Edmar e Bruninho foram as novidades na reapresentação do Touro

07 de Agosto de 2017 ás 12:11:52
Lira cobra empenho e determinação no seu retorno ao Flu

07 de Agosto de 2017 ás 08:09:54
Diretoria confirma Lira como treinador do Fluminense

26 de Julho de 2017 ás 15:09:14
Motivação é a palavra de ordem no Flu de Feira

Apoio